Rua Cantagalo, 74 - Tatuapé
(11) 2227-9797
contato@onlinegroup.com.br

Hospedagem na nuvem ou servidor físico interno: escolha o melhor para a sua empresa.

Hospedagem na nuvem ou servidor físico interno: escolha o melhor para a sua empresa.

Hospedagem na nuvem ou servidor físico interno: escolha o melhor para a sua empresa.

A Tecnologia da Informação vem crescendo de forma constante e acelerada no mercado. Atualmente, se tornou uma das principais estratégias para as empresas e está presente em organizações que desejam uma evolução progressiva, além da eficiência operacional.

A área de TI é um dos setores mais fundamentais para uma empresa, pois ela é responsável por fazer o negócio funcionar. Sem o TI, é praticamente impossível que a companhia dê continuidade às suas atividades.

Para garantir o funcionamento dos serviços de TI, que envolvem as atividades de toda a empresa, é necessário ter uma infraestrutura para armazenar essas informações – um data center. Hoje existem duas alternativas para se fazer hospedagem de informações: em um servidor físico interno ou na cloud computing.

Muitos gestores e diretores de TI ainda têm dúvidas sobre as principais diferenças entre esses dois modelos. Pensando nisso, hoje vamos esclarecer as principais diferenças entre possuir um servidor interno físico e estar na cloud computing. Vamos começar!

O data center é uma estrutura física que consiste no armazenamento de informações e aplicações de uma empresa. É o conjunto de redes, servidores, roteadores, hardwares, mainframes… enfim, todos os recursos que são necessários para fazer o armazenamento e gestão de servidores, redes e telecomunicações.

Servidor Físico interno

Quando uma empresa opta em manter um servidor interno, consequentemente ela está assumindo a responsabilidade pela aquisição, custos do espaço físico e refrigeração adequada, além das manutenções, atualizações constantes de todos os equipamentos e sistemas.

Não há como negar que ter um servidor interno exige responsabilidade, por apresentar grandes riscos de segurança para os dados da empresa. Isto é, se não forem bem gerenciados podem se tornar uma porta de entrada para ataques cibernéticos e invasões.

Vale lembrar que além de um gerenciamento eficiente, também é preciso considerar o ambiente no qual o servidor está localizado, pois todas as informações importantes da empresa estão guardadas naquela infraestrutura. Por isso, um ambiente seguro para alocar o servidor é fundamental. Em uma sala qualquer dentro da empresa, por exemplo, as informações estarão muito mais sujeitas a desastres naturais, como inundação ou a falhas tecnológicas, como quedas de energia.

Pare para pensar…. Caso ocorra alguma eventualidade e o servidor interno físico pare, toda a empresa vai ser afetada. Os sistemas irão cair, o site vai sair do ar, os clientes da empresa serão atingidos. Isso não causaria um grande caos?

Apesar de ser a opção menos segura, ter uma infraestrutura física interna dentro da empresa ainda é uma estratégia utilizada por muitos gestores de tecnologia, que acreditam que essa alternativa oferece mais controle sob os seus dados, mas não é bem assim.

Por isso, todo cuidado é pouco ao optar por um servidor interno. É por isso que hoje muitas empresas estão migrando para a cloud computing…

Cloud Computing

A cloud computing (que significa “computação na nuvem”, em português) é uma espécie de servidor virtual. Ou seja, nessa modalidade a organização deixa de investir em uma infraestrutura física passando para um ambiente virtual na nuvem, onde a hospedagem é feita externamente com funcionamento íntegro e em tempo real. Entretanto, nesse caso a rede de servidores são espalhadas em diversos locais, diferente do servidor físico interno.

A principal vantagem da cloud computing é justamente na relação do custo e benefício comparado à uma infraestrutura interna.

Isso porque com a cloud computing a empresa deixa de investir em servidores físicos, configuração, manutenção, energia, equipe capacitada para manter o ambiente funcionando e passa para a locação de uma infraestrutura completa, com espaço de armazenamento flexível de acordo com a demanda do negócio, tecnologia de ponta, funcionalidades específicas e uma equipe especializada disponível para fazer o monitoramento contínuo do seu ambiente, como é o caso da Cloud Premium da Online Data Cloud.

Além disso, as formas de pagamento oferecida pelos provedores de cloud computing são geralmente em assinatura mensal, onde estão inclusas todas as funcionalidades que a empresa necessita de acordo com a sua demanda. A Online Data Cloud, por exemplo, é autoridade quando o assunto é tecnologia em cloud. Com mais de 25 anos de experiência no mercado, nossos arquitetos são capazes de desenhar a melhor arquitetura para às necessidades de cada negócio por um preço justo.

Benefícios: Cloud Computing x Servidor Físico Interno

Cada modelo oferece suas vantagens, mas vamos destacar as principais diferenças entre as duas e veja quais são os principais benefícios de cada uma delas.

Flexibilidade

Com certeza um dos principais pontos oferecidos pela cloud computing é a sua flexibilidade comparado à um servidor físico. A nuvem oferece espaço virtual de acordo com a demanda do negócio, suportando níveis altíssimos de memória, onde é possível aumentar ou diminuir de acordo com a necessidade atual da organização sem precisar gastar muito dinheiro.

Na nuvem, é possível pagar somente pelo que utiliza, uma ótima alternativa para negócios que tem um crescimento acelerado. Diferente do servidor físico, que oferece recursos limitados e não dispõe dessa flexibilidade, e para adicionar recursos é necessário um investimento mais alto.

Além do mais, outro ponto que mais chama atenção dos empreendedores no modelo de cloud computing é o acesso flexível. Ou seja, quando uma aplicação está na nuvem – como por exemplo um e-mail – os colaboradores têm a disponibilidade de acessar o seu e-mail corporativo de onde estiver e qualquer dispositivo, seja dentro ou fora da empresa.

Custo de investimento

Se você precisa reduzir custos e esforços de gestão, então esqueça o servidor físico in-house. Transferir a responsabilidade tanto pela manutenção, atualização, quanto na questão da obtenção de equipamentos é a melhor opção para as empresas que desejam reduzir custos e manter um nível de performance ideal. Com a Cloud Computing, o provedor assume todas essas responsabilidades, além de ser o responsável em manter a estrutura funcionando 24h por dia com uma equipe especializada dedicada.

Redundância e alta disponibilidade

Quando falamos em cloud computing, estamos falando em alta disponibilidade. Uma das características da computação na nuvem é a distribuição de dados em servidores distintos, mantendo assim uma redundância das informações e garantindo a disponibilidade de dados e sistemas. Com isso, caso ocorra alguma falha com um deles, não existe a possibilidade da perca de informações ou tempo de inatividade que prejudique a continuidade das atividades da empresa.

Já com um servidor físico interno não oferece essa redundância e disponibilidade. A empresa só tem uma máquina com espaço limitado e mais suscetível a ficar inativo por um período longo de tempo na ocorrência de uma falha. Além do fato de pagar pelos recursos que você não utiliza.

Segurança

A Cloud Computing contém todos os requisitos necessários de privacidade e segurança. O provedor da nuvem é o total responsável em manter a integridade das informações armazenadas, que podem ser realizadas através da criptografia de dados, controle de acesso, rotina de backup, biometria e senhas, atualizações constantes para corrigir bugs e panes no sistema, etc. Tudo o que é indispensável para não comprometer a privacidade e proteção da infraestrutura.

No servidor físico interno a própria empresa fica responsável pela segurança das informações, exigindo experiência que resulta na contratação de profissionais qualificados, investimento em estratégias e soluções de segurança, além do backup.

Então, com todos esses pontos, fica fácil perceber que a cloud computing sem dúvida é a opção mais vantajosa para quem deseja um método de armazenamento mais confiável e seguro. Não hesite em migrar para a nuvem, a tecnologia do futuro!

Cloud Premium - Online Data Cloud

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: